Mensageiro Luterano

Mensageiro Luterano teve seu início com a primeira edição lançada com a data de capa de 25 de dezembro de 1917. Foi o primeiro jornal luterano escrito em língua portuguesa. Durante esses anos, o ML várias vezes mudou de formato, tipo de papel, número de páginas. Vários foram os seus redatores. Mas uma característica nunca mudou: ser mensageiro da verdade de Deus para os leitores. Veja, a seguir, alguns momentos desta história (coletados por Dieter Jagnow):

1917 – Com data de 25 de dezembro é lançado o primeiro número do então chamado Mensageiro Christão. Editado quinzenalmente. Redatores: Louis C. Rehfeldt, Emil F. Müller e Theophil W. Strieter.

1918 – A partir da edição do dia 15 de maio de 1918, o nome foi alterado para Mensageiro Lutherano.

1921 – A revista passa a ser mensal. O nome do pastor Rodolpho Hasse, que já aparecia como redator ao lado do Prof. Louis C. Rehfeldt desde o ano anterior, agora aparece como único redator responsável.

1963 – O pastor Martim W. Flor assume como redator-chefe.

1966 – A partir da edição de fevereiro, a impressão é feita em duas cores, tanto na capa como no miolo. Também a partir desta edição o pastor Leopoldo Heimann passa a figurar como redator-chefe.

1970 – Na edição de fevereiro/março, pela primeira vez aparece uma capa totalmente colorida.

1973 – Pela primeira vez, a quarta capa também é totalmente colorida. Aparece o primeiro número do Mensageiro das Crianças.

1981 – A partir desse ano, inicia-se uma tendência de o miolo ser impresso em um papel mais barato (tipo jornal).

1984 – O pastor Nilo L. Figur assume como diretor. A redação é de Astomiro Romais, que passa do Conselho Editorial para a função de redator-chefe na edição de julho.

1986 – A partir da primeira edição do ano, retornam as capas coloridas e o miolo é impresso novamente em papel de melhor qualidade.

1988 – O pastor Oscar Lehenbauer passa a figurar como diretor na edição de maio.
1991 – O pastor Nilo L. Figur volta a figurar como diretor na edição de agosto.

1993 – A partir da edição de janeiro, uma mudança radical. O ML passa a ter um caráter mais de jornal. Saem as cores, o tamanho é maior, o papel é tipo jornal.

1995 – O pastor Paulo P. Weirich assume como redator-chefe na edição de janeiro. A partir da edição de agosto, a função é assumida pelo pastor Dieter J. Jagnow.

1996 – O Mensageiro das Crianças passa a ser um encarte de 4 páginas.

1998 – A partir da edição de novembro, a primeira e a quarta capas voltam a ser totalmente coloridas.

2003 – A edição de janeiro/fevereiro traz algumas mudanças significativas: o formato volta a ser de revista, as quatro capas são totalmente coloridas, o miolo recebe uma segunda cor.

2006 – A partir da edição de julho, o ML passa a ser impresso totalmente colorido.

2008 – O pastor e jornalista Nilo Wachholz assume a função de redator-chefe.

 

Fone/Fax: (51) 3342-2699
E-mail:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

O Mensageiro Luterano apóia o trabalho da ANEL divulgando seus eventos e atividades as escolas associadas.